top of page
  • Foto do escritorFBZ

MERCADO IMOBILIÁRIO DEVE CRESCER AINDA MAIS EM 2023 COM PREVISÃO DE RETORNO DOS INVESTIMENTOS

O fortalecimento de programas de incentivo à moradia e obras de infraestrutura prometem aumentar a demanda, mantendo a procura elevada.

A previsão para o mercado imobiliário em 2023 é positiva e promissora. Projeções mostram que o crescimento no setor deve permanecer, com bom retorno para investimentos. O fortalecimento de programas de incentivo à moradia do Governo Federal e obras de infraestrutura prometem aumentar a demanda por compra de imóveis, mantendo a procura elevada.

De acordo com especialistas, presentes no encontro URBS Hub, em Goiânia, há expectativas de que a taxa básica de juros volte a cair com a retomada do programa de moradia Minha Casa Minha Vida. Minha Vida.


Projeções Favoráveis


Conforme os dados apresentados pelo instituto de pesquisas Brain Inteligência Estratégica, a intenção de compra de imóveis, mesmo após o período eleitoral, finalizado em outubro, mantém a média registrada nos meses anteriores. Os números apontam que dos interessados na compra de imóveis, 18% querem investir, e 86% tem interesse de uso próprio.

Para o consultor comercial da Brain no Centro-Oeste, Anderson Gonçalves, os imóveis se tornam um bom produto de investimento devido a baixa volatilidade econômica, diferente de outros segmentos mais arriscados, principalmente em épocas de instabilidade. Segundo ele, 2023 promete ser promissor para o setor.

Anderson ressalta que o mercado imobiliário se tornou um empreendimento com crescente valorização, tanto pela oportunidade de compra ou pela realidade econômica atual. O consultor espera que o período atual favoreça novas vendas. “Passamos pelo período das eleições, mas agora o trabalho é o de reverter as intenções de compra, estimular o mercado em todas as suas faixas de renda e possibilidades. Temos um leque de oportunidades, principalmente, com a ajuda da internet”, acrescenta.


18 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page